Lista de qualidades

Lista de qualidades mais importantes em Jesus para nossas vidas

Existem inúmeras qualidades e virtudes que os discípulos de Cristo precisam ter e desenvolver, todas com certeza, presentes em Jesus. Nesta lista apresentamos aquelas identificadas em sete passagens selecionadas, onde Jesus nos instrui a tê-las e/ou praticá-las em nosso viver diário como cristãos.

– Exame das qualidades:

Obs.: os termos entre parênteses estão no grego, salvo quando indicado.

1 – “22  Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, 23  mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.” (Gal 5:22,23)

Amor (agape): ação em favor do bem do outro – Devemos amar como Jesus
“Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros.” (Jo 13:34)

Alegria (chara): exultação; grande júbilo; grande contentamento – Devemos ter a alegria de Jesus
“E, indo para casa, reúne os amigos e vizinhos, dizendo-lhes: Alegrai-vos comigo, porque já achei a minha ovelha perdida.” (Lc 15:6)

Paz (eirene): tranqüilidade e segurança – Devemos ser pacificadores como Jesus
“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.” (Jo 14:27)

Longanimidade (makrothumia): persistência; tenacidade – Devemos ser longânimos como Jesus
“Não retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento.” (2 Pe 3:9)

Benignidade (chrestotes): suavidade; brandura; agradável – Devemos ser benignos como Jesus
“Amai, porém, os vossos inimigos, fazei o bem e emprestai, sem esperar nenhuma paga; será grande o vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo. Pois ele é benigno até para com os ingratos e maus.” (Lc 6:35)

Bondade (agathosune): purificação, retirar o mal – Devemos ser bondosos como Jesus
“se é que já tendes a experiência de que o Senhor é bondoso.” (1 Pe 2:3)

Fidelidade (pistis): lealdade – Devemos ser fiéis como Jesus
Fiel é o que vos chama, o qual também o fará.” (1 Ts 5:24)

Mansidão (praotes): Cortesia; gentileza – Devemos ser mansos como Jesus
 “Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma.” (Mt 11:29)

Domínio próprio (egkrateia): autocontrole – Devemos ter domínio próprio como Jesus

2 – “Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma.” (Mt 11:29)

Humilde (tapeinos): simplicidade; espírito humilde – Devemos ser humildes como Jesus
“Dizei à filha de Sião: Eis aí te vem o teu Rei, humilde, montado em jumento, num jumentinho, cria de animal de carga.” (Mt 21:5)

3 – 24  Ora, é necessário que o servo do Senhor não viva a contender, e sim deve ser brando para com todos, apto para instruir, paciente, 25  disciplinando com mansidão os que se opõem, na expectativa de que Deus lhes conceda não só o arrependimento para conhecerem plenamente a verdade, 26  mas também o retorno à sensatez, livrando-se eles dos laços do diabo, tendo sido feitos cativos por ele para cumprirem a sua vontade.” (2 Tm 2:24-26)

Brando (epios): doce; afável; suave – Devemos ser brandos como Jesus / Brandura (praotes): suavidade; docilidade; mansidão
“Irmãos, se alguém for surpreendido nalguma falta, vós, que sois espirituais, corrigi-o com espírito de brandura; e guarda-te para que não sejas também tentado.” (Gal 6:1)


Apto para instruir (didaktikos): aptidão e habilidade para ensinar – Devemos ter a aptidão e a habilidade de Jesus
“Percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando toda sorte de doenças e enfermidades entre o povo.” (Mt 4:23)

Paciente (anexikakos): tolerância – Devemos ser pacientes como Jesus
“regozijai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, na oração, perseverantes ” (Rm 12:12)

4 – 22  E compadecei-vos de alguns que estão na dúvida; 23  salvai-os, arrebatando-os do fogo; quanto a outros, sede também compassivos em temor, detestando até a roupa contaminada pela carne.” (Jd 22,23)

Compadecer (eleeo): mostrar misericórdia; ter compaixão – Devemos nos compadecer como Jesus
“Vendo ele as multidões, compadeceu-se delas, porque estavam aflitas e exaustas como ovelhas que não têm pastor.” (Mt 9:36)

Compassivo (polusplagchnos): cheio de compaixão; mui gentil – Devemos ser compassivos como Jesus
“Eis que temos por felizes os que perseveraram firmes. Tendes ouvido da paciência de Jó e vistes que fim o Senhor lhe deu; porque o Senhor é cheio de terna misericórdia e compassivo.” (Tg 5:11)

5 – “Sede misericordiosos, como também é misericordioso vosso Pai.” (Lc 6:36)

Misericordioso (oiktirmon): bondade para com o aflito e necessitado – Devemos ser misericordiosos como Jesus

6 – 5 por isso mesmo, vós, reunindo toda a vossa diligência, associai com a vossa a virtude; com a virtude, o conhecimento; 6  com o conhecimento, o domínio próprio; com o domínio próprio, a perseverança; com a perseverança, a piedade; 7  com a piedade, a fraternidade; com a fraternidade, o amor.” (2 Pe 1:5-7)

Diligência (spoude): cuidado ativo; dedicação – Devemos ser diligentes como Jesus
“Por isso, irmãos, procurai, com diligência cada vez maior, confirmar a vossa vocação e eleição; porquanto, procedendo assim, não tropeçareis em tempo algum.” (2 Pe 1:10)

(pistis): convicção; certeza – Devemos ter a fé de Jesus
“De fato, sem é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam.” (Hb 11:6)

Virtude (arete): qualidade de excelência moral – Devemos ter a virtude de Jesus
“Visto como, pelo seu divino poder, nos têm sido doadas todas as coisas que conduzem à vida e à piedade, pelo conhecimento completo daquele que nos chamou para a sua própria glória e virtude(2 Pe 1:3)

Conhecimento (gnosis): compreensão larga e profunda da vontade de Deus – Devemos ter o conhecimento de Jesus
“Respondeu-lhes Jesus: Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus.” (Mt 22:29)

Perseverança (hupomone): constância; firmeza; resistência – Devemos ser perseverantes como Jesus
“Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão.” (1 Co 15:58)

Piedade (eusebeia): temor para com Deus; reverência; zelo; cuidado – Devemos ser piedosos como Jesus
“Porquanto a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens, educando-nos para que, renegadas a impiedade e as paixões mundanas, vivamos, no presente século, sensata, justa e piedosamente” (Tt 2:11,12)

Fraternidade (philadelphia): amor fraternal; amor entre irmãos – Devemos ser fraternais como Jesus
“Finalmente, sede todos de igual ânimo, compadecidos, fraternalmente amigos, misericordiosos, humildes” (1 Pe 3:8) 

7 – “porque escrito está: Sede santos, porque eu sou santo.” (1 Pe 1:16)

Santo (hagios): separado; sagrado; consagrado – Devemos ser santos como Jesus
30  Mas vós sois dele, em Cristo Jesus, o qual se nos tornou, da parte de Deus, sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção, 31  para que, como está escrito: Aquele que se gloria, glorie-se no Senhor.” (1 Co 1:30,31)

– Aplicação:

Amor: ame como Jesus amou!
“Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos.” (Jo 15:13)

Alegria: tenha a mesma alegria que Jesus teve.
“Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos.” (Fp 4:4)

Paz: devemos levar a paz de Deus aos homens assim como Jesus a levou.
“Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.” (Mt 5:9)

Longanimidade: sejamos persistentes assim como Jesus o foi aqui na terra.
“Exortamo-vos, também, irmãos, a que admoesteis os insubmissos, consoleis os desanimados, ampareis os fracos e sejais longânimos para com todos.” (1 Ts 5:14)

Benignidade: tenhamos a mesma suavidade que Jesus tinha com os outros.
“Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou.” (Ef 4:32)

Bondade: que a inexistência do mal seja na nossa vida como foi na de Jesus.
“Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade.” (Col 3:12)

Fidelidade: que possamos ser fiéis a Deus, assim como Jesus foi até o fim.
“Ninguém despreze a tua mocidade; pelo contrário, torna-te padrão dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza.” (1 Tm 4:12)

Mansidão: sejamos mansos assim como Jesus era, especialmente nas situações adversas.
“Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra.” (Mt 5:5)

Domínio próprio: que tenhamos o mesmo autocontrole que Jesus teve nas adversidades.
21  Porquanto para isto mesmo fostes chamados, pois que também Cristo sofreu em vosso lugar, deixando-vos exemplo para seguirdes os seus passos, 22  o qual não cometeu pecado, nem dolo algum se achou em sua boca; 23  pois ele, quando ultrajado, não revidava com ultraje; quando maltratado, não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga retamente, 24  carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas, fostes sarados.” (1 Pe 2:21-24)

Humildade: que em nosso espírito tenha a mesma simplicidade de Jesus.
“Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus.” (Mt 5:3)

Brandura: devemos ser dóceis como Jesus
 “Ora, é necessário que o servo do Senhor não viva a contender, e sim deve ser brando para com todos, apto para instruir, paciente,” (2 Tm 2:24)

Apto para instruir: devemos ter a mesma aptidão de Jesus para ensinar
“advertindo a todo homem e ensinando a todo homem em toda a sabedoria, a fim de que apresentemos todo homem perfeito em Cristo;” (Col 1:28)

Paciência: devemos ser tolerantes com o pecador não com o pecado, assim como Jesus.
“Eis que temos por felizes os que perseveraram firmes. Tendes ouvido da paciência de Jó e vistes que fim o Senhor lhe deu; porque o Senhor é cheio de terna misericórdia e compassivo.” (Tg 5:11)

Compaixão: precisamos mostrar a mesma compaixão que Jesus mostrava ao pecador.
“E o senhor daquele servo, compadecendo-se, mandou-o embora e perdoou-lhe a dívida.” (Mt 18:27)

Compassividade: devemos ser cheios de compaixão pelo próximo assim como Jesus.
“sede também compassivos em temor” (Jd 23b)

Misericórdia: devemos ter a mesma bondade para com o aflito e necessitado que Jesus teve.
“Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.” (Mt 5:7)

Diligência: devemos ter o mesmo cuidado ativo e dedicação que Jesus teve.
“exortando-vos a batalhardes, diligentemente, pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos.” (Jd 3b)

Fé: devemos ter a mesma convicção e certeza que Jesus teve.
“Sede vigilantes, permanecei firmes na fé, portai-vos varonilmente, fortalecei-vos.” (1 Co 16:13)

Virtude: devemos ter a mesma qualidade de excelência moral de Jesus.
“Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento.” (Fp 4:8)

Conhecimento: devemos ter a mesma compreensão larga e profunda da vontade de Deus que Jesus.
“vos revestistes do novo homem que se refaz para o pleno conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou;” (Col 3:10)

Perseverança: devemos ter a mesma constância de Jesus.
 “É na vossa perseverança que ganhareis a vossa alma.” (Lc 21:19)

Piedade: devemos ter temor para com Deus; zelo e cuidado com as coisas dEle assim como Jesus.
11 Porquanto a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens, 12  educando-nos para que, renegadas a impiedade e as paixões mundanas, vivamos, no presente século, sensata, justa e piedosamente, 13  aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus, 14  o qual a si mesmo se deu por nós, a fim de remir-nos de toda iniqüidade e purificar, para si mesmo, um povo exclusivamente seu, zeloso de boas obras.” (Tt 2:11-14)

Fraternidade: devemos ter o mesmo amor pelos irmãos que Jesus teve.
“Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros.” (Rm 12:10) 

Santidade: devemos ser separados e consagrados assim como Jesus.
14  Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor, 15  atentando, diligentemente, por que ninguém seja faltoso, separando-se da graça de Deus;” (Hb 12:14,15a)

– Conclusão:

Jesus “subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz” (Fp 2:6-8). Ele esvaziou-se de Sua glória, mas não das virtudes divinas; elas puderam ser vistas claramente em sua vida aqui. Jesus esteve como homem, porém andou como Deus.

Se quisermos ser bem sucedidos na obra, precisamos andar como ele andou. “Aquele que diz que permanece nele, esse deve também andar assim como ele andou” (1 Jo 2:6).

Exaltemos as qualidades de Jesus. Que as busquemos e as pratiquemos em nossas vidas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 30 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: