Música, sim ou não?

Jovem torna-te padrão – Posso ouvir música como entretenimento?

“Torna-te, pessoalmente, padrão de boas obras” (Tito 2:7a)

Uma mensagem direcionada especialmente aos jovens, mas dedicada a todo aquele que se diz seguidor fiel de Cristo Jesus.

A nossa parte: (Perguntas para reflexão)

1) O que os cristãos precisam fazer com os seus corações?
2) Quando alguém converte a Cristo precisa abandonar algo?
3) Quais os três propósitos básicos da música na Palavra de Deus?
4) Qual tipo de música os cristãos devem ouvir para o seu prazer?
5) Que princípio devo usar para selecionar o que vou ouvir?

O que diz a Palavra:

“julgai todas as coisas, retende o que é bom; abstende-vos de toda forma de mal.” (1 Tessalonicenses 5:21,22)

Continue lendo

Anúncios

Planejamento familiar

Familia cristã Caminho para felicidade

Características de um lar planejado por Deus (conf. Ef 5:21-6:4)

1) Um lar planejado existe ALTRUÍSMO
“Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo” (Ef 5:21)

Altruísmo é a inclinação para procurarmos obter o bem para o próximo.

Cada indivíduo deve se preocupar mais com os outros membros da família do que consigo mesmo.

Este princípio é ensinado em todo o Novo Testamento:

Continue lendo

Sede santos

Ovelha - 1

“Como filhos da obediência, não vos amoldeis às paixões que tínheis anteriormente na vossa ignorância; pelo contrário, segundo é santo aquele que vos chamou, tornai-vos santos também vós mesmos em todo o vosso procedimento, porque escrito está: Sede santos, porque eu sou santo (1 Pedro 1:14-16).

Introdução:

Santo: É a virtude de Deus que ressalta a Sua santidade. É aquele que possui santidade; aquele que é separado da contaminação do pecado.

Santidade: É o atributo de Deus (Pai, Filho e Espírito Santo) pelo qual ele é moralmente puro e perfeito, separado e acima do que é mau e imperfeito. Qualidade do membro do povo de Deus que o leva a se separar dos pagãos, não seguindo os maus costumes deste mundo, pertencendo somente a Deus e sendo completamente fiel a Ele (Aqui, “separar” no sentido de não fazer o que eles fazem contrário a vontade de Deus, porque precisamos estar perto deles para compartilhar a mensagem de salvação; Jesus andou nos meio dos pecadores, mas não se entregou ao pecado). Santidade é o estado permanente de Deus e este deve ser o estado daquele que se torna seguidor de Cristo. Atingimos a santidade através da santificação. No Antigo Testamento é a separação de coisas ou pessoas para Deus e para adoração. Eram santos os sacerdotes, os nazireus, Canaã, Jerusalém, o Templo, os altares, o óleo e os utensílios de adoração, os sacrifícios, etc.

Continue lendo

Meditação – Salmo 93:5

Ornamento perpétuo

 

Os teus mandamentos permanecem firmes e fiéis;

a santidade, Senhor, é o ornamento perpétuo da tua casa.” (Salmo 93:5)

 

– Deus é imutável. Nós, pelo contrário somos mutáveis. O Senhor é o mesmo ontem, hoje e amanhã; porém, ontem estávamos de um jeito, hoje, talvez, já estamos diferentes, e amanhã, não sabemos como estaremos. A vontade de Deus continua a mesma (Êxodo 20:1-17; Mateus 22:37-40).

Os mandamentos do Senhor se resumem nestes dois grandes mandamentos da antiga lei: Amarás o teu Deus e ao teu próximo; e eles não mudarão porque não conseguimos praticá-los ou porque não aceitamos.

Gostamos de ornamentar nossas casas, com móveis, utensílios e acabamentos bonitos; mas eles não duram muito; com o tempo o desgaste é notório e temos que mudar. Nada dura pra sempre neste mundo. Deus, porém, já tem sua morada ornamentada eternamente com a santidade. A sua habitação é santa, porque Ele é santo. Santidade é o estado de Deus; Ele é santo e sempre será. NEle e na sua presença não habita qualquer sombra de pecado.

Se desejamos agradar a Deus precisamos guardar e praticar seus mandamentos (ensinamentos de Cristo) e não acharmos que Ele nos aceitará sem que haja transformação, mudança e conversão genuína. Também precisamos buscar a santidade a qualquer custo, pois este é o estado que seus filhos devem se encontrar. Conseguiremos a santidade, através da santificação, que é o processo para alcançar a santidade, ou seja, a medida que crescemos e amadurecemos na fé, vamos refugando aquilo que não agrada e não entra na presença de Deus.

O que você precisa refugar em sua vida? Comece a fazê-lo hoje!