Conversão

A multidão de convertidos

Postado em Atualizado em

Atos dos apóstolos / Espírito Santo

Nesta mensagem reunimos diversas passagens do livro de Atos destacando a incrível trajetória dos apóstolos e primeiros discípulos de Jesus Cristo na propagação do evangelho – a boa notícia da salvação – aos judeus e gentios no primeiro século, e início de Sua igreja. Em cada passagem confirmamos o crescimento multiplicativo de convertidos a Cristo; e em alguns destes episódios, notamos fatos importantes que aconteceram [marcados na cor azul]. Também confirmamos a profecia de Jesus feita no verso oito do primeiro capítulo, sendo cumprida ao longo do trabalho árduo dos irmãos, empenhados a obedecerem a voz do Senhor Jesus. Que os atos destes servos de Cristo, supervisionados pelo Espírito Santo, nos incentive e encoraje a realizar a obra pelo qual fomos chamados:

Irbuscar e salvar o perdido” (Lucas 19:10) Leia o resto deste post »

Anúncios

O evangelho: derrubando sofismas

Postado em Atualizado em

Atos 85 Filipe, descendo à cidade de Samaria, anunciava-lhes a Cristo. 6 As multidões atendiam, unânimes, às coisas que Filipe dizia, ouvindo-as e vendo os sinais que ele operava. 7 Pois os espíritos imundos de muitos possessos saíam gritando em alta voz; e muitos paralíticos e coxos foram curados. 8 E houve grande alegria naquela cidade.” (Atos 8:5-8)

– Logo após a morte de Estevão houve grande perseguição a igreja em Jerusalém dispersando os discípulos para as regiões da Judéia e Samaria, exceto os apóstolos. Saulo continuava seu serviço assolando a igreja, levando ao cárcere os discípulos de Cristo. A perseguição ao invés de desmotivar a igreja, motivava ainda mais a pregação da palavra de Deus (cf. Atos 8:1-4). Leia o resto deste post »

A conversão de um publicano

Postado em Atualizado em

1 Entrando em Jericó, atravessava Jesus a cidade. 2 Eis que um homem, chamado Zaqueu, maioral dos publicanos e rico, 3 procurava ver quem era Jesus, mas não podia, por causa da multidão, por ser ele de pequena estatura. 4 Então, correndo adiante, subiu a um sicômoro a fim de vê-lo, porque por ali havia de passar. 5 Quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, disse-lhe: Zaqueu, desce depressa, pois me convém ficar hoje em tua casa. 6 Ele desceu a toda a pressa e o recebeu com alegria. 7 Todos os que viram isto murmuravam, dizendo que ele se hospedara com homem pecador. 8 Entrementes, Zaqueu se levantou e disse ao Senhor: Senhor, resolvo dar aos pobres a metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, restituo quatro vezes mais. 9 Então, Jesus lhe disse: Hoje, houve salvação nesta casa, pois que também este é filho de Abraão. 10 Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o perdido.” (Lucas 19:1-10)

Este cobrador de impostos nos tempos de Jesus era chefe entre os publicanos e também um homem rico. Ao saber da presença de Jesus em sua cidade não teve outra atitude que não fosse a de vê-lo. A multidão e sua baixa estatura não foram obstáculos para este “maioral dos publicanos”; ele tinha um propósito e agiu em prol de seu intento. Subiu em uma figueira para avistar o Senhor.

Leia o resto deste post »