Jesus vencedor

Jesus entrando em Jerusalém

– Nosso Senhor é vencedor! Jesus é Deus, e portanto, eterno. Ele existia antes do tempo, e de toda a criação, a existência do universo, do mundo e da terra, o planeta onde vivemos. Aliás, por meio dEle, todas a coisas foram criadas por Deus (João 1:1-4); e Ele sustenta todas as coisas pela palavra do seu poder (Hebreus 1:1-4).

Pelo desígnio de Deus Pai, Jesus se tornou homem, esvaziando de sua glória e andou entre nós cheio de graça e verdade. Ele nasceu de uma virgem, uma serva de Deus fiel a sua vontade, dando-lhe a luz num estábulo, porque Ele era o Cordeiro de Deus para tirar o pecado do mundo (1 João 2:2).

Continuar lendo

Meditação – João 15:7

images (6)

Se permanecerdes em mim

“Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito.” (João 15:7)

Interessante este versículo, no contexto da Videira verdadeira. A primeira parte é dividida em dois pontos:

1) João diz que precisamos permanecer em Jesus, pois os ramos sem a videira morrem – Jesus é a vida (João 14:6), sem Ele só há a morte;

2) a palavra dEle precisa permanecer em nós, pois sem ela, seremos absorvidos pela mentira, a falsa doutrina e as regras humanas – ou seja, vamos achar que estamos fazendo a vontade dEle, mas não estaremos. Quantos estão iludidos no mundo religioso achando que estão com Cristo, mas não estão. Precisamos tomar o devido cuidado para não cairmos na mesma cilada e nos acomodarmos. Precisamos examinar a nós mesmos se estamos na fé (2 Coríntios 13:5); e também, vivermos a palavra de Deus que é Jesus, e não somente falar ou ensinar.

Continuar lendo

Reflexão Covid-19 e a Fé em Cristo

 

O Coronavírus e as reações na terra:

A pandemia provocada pelo Covid-19 parou o mundo, e afastou o homem de sua rotina normal do dia a dia. Milhares de mortes em todo planeta denunciaram a letalidade do novo vírus, e quanto nós, os seres humanos, somos frágeis e passíveis de contaminação. Continuar lendo

Jesus é Deus

Jesus sobre as aguas Ia

Hebreus é uma carta que foi direcionada aos judeus que haviam se convertido a Cristo, mostrando a supremacia dele em relação a todas as coisas que eles se apegavam na Antiga Aliança: os anjos, Moisés, Arão, os profetas, etc.

Estes cristãos judeus estavam recuando na fé em Jesus, querendo voltar ao judaísmo por causa da perseguição que estavam sofrendo. Na carta, o autor salienta que o caminho que estão agora, é o único que leva a salvação.

Continuar lendo

A seara é grande

A seara é grande

“Vendo ele as multidões, compadeceu-se delas, porque estavam aflitas e exaustas como ovelhas que não têm pastor. E, então, se dirigiu a seus discípulos: A seara, na verdade, é grande, mas os trabalhadores são poucos. Rogai, pois, ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara.” (Mateus 9:36-38)

O quadro não mudou! As multidões continuam sem pastor, e os trabalhadores são poucos. Creio que as súplicas de muitos irmãos acontecem, talvez não na quantidade e persistência que deveriam acontecer, porém, os trabalhadores que deveriam se apresentar, não se apresentam. Podemos citar alguns exemplos: ——————————— Continuar lendo