Pregação

Propagando o evangelho

Postado em Atualizado em

BibleA igreja não pode desviar de sua tarefa principal neste mundo que é anunciar as boas novas, pois perderá seu foco e se encherá de tarefas que ocuparão seu tempo, impedindo de obedecer a ordem imperativa de Cristo Jesus seu Senhor em Mateus 28:18-20.

Como igreja não podemos esquecer que o evangelho “é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê” (Romanos 1:16), “como, porém, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem nada ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue?” (Romanos 10:14).

Leia o resto deste post »

Anúncios

Falando em nome de Deus

Postado em Atualizado em

Muitos estão falando de Deus, mas nada dEle ou o que Ele realmente quer. Se alguém fala sobre Deus é necessário conhecê-lo e conhecer a sua vontade, do contrário falará o que não sabe e o que não deve. Pedro disse que quem fala (prega ou ensina), precisa falar como “entregando oráculos de Deus”, ou seja, falar aquilo que Deus quer que seja falado, de forma integral e de acordo com sua soberana vontade.

Leia o resto deste post »

Pregador da palavra de Deus

Postado em Atualizado em

Quem é, e o que prega um ministro do evangelho? (2 Tm 4:1-5)

Um pregador …

1) Prega a palavra de Deus, e não a sua:
“Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus como Senhor e a nós mesmos como vossos servos, por amor de Jesus.” (2 Coríntios 4:5)

“A verdade é que nunca usamos de linguagem de bajulação, como sabeis, nem de intuitos gananciosos. Deus disto é testemunha.” (1 Tessalonicenses 2:5)

2) Prega a Cristo, e não a igreja:
“Porque tanto os judeus pedem sinais, como os gregos buscam sabedoria; mas nós pregamos a Cristo crucificado, escândalo para os judeus, loucura para os gentios; mas para os que foram chamados, tanto judeus como gregos, pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus.” (1 Coríntios 1:22-24)

Leia o resto deste post »

Evangelizando cidades

Postado em Atualizado em

1 Em Icônio, Paulo e Barnabé entraram juntos na sinagoga judaica e falaram de tal modo, que veio a crer grande multidão, tanto de judeus como de gregos. 2 Mas os judeus incrédulos incitaram e irritaram os ânimos dos gentios contra os irmãos. 3 Entretanto, demoraram-se ali muito tempo, falando ousadamente no Senhor, o qual confirmava a palavra da sua graça, concedendo que, por mão deles, se fizessem sinais e prodígios.” (Atos 14:1-3)

Paulo e Barnabé não se importavam em saber que o local e lugar que iam não era “conveniente”. Eles entraram numa sinagoga (local tipicamente judaico) pregando com coragem o evangelho. Como sempre, opositores se rebelaram e procuraram colocar empecilhos a pregação do evangelho, mas a ação de judeus incrédulos resultou num efeito contrário (efeito colateral) onde os irmãos permaneceram ainda mais por ali, pregando com mais ousadia e intrepidez a Cristo; palavra confirmada pelos milagres realizados por Deus por intermédio dos discípulos.

Leia o resto deste post »

Fazei discípulos

Postado em Atualizado em

“Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.” (Mt 28:18-20)

Atualmente na igreja parece que a ordem expressa de Jesus dada em Mateus 28:18-20 foi esquecida, mudada ou substituída. Hoje pouco se fala em ser e fazer discípulos. Consequentemente esta anomalia provoca a falta de uma vida de devoção e também afeta o crescimento multiplicativo da igreja do Senhor. Na maioria das vezes o modelo não é Cristo, e sim, o que outras “igrejas” tem feito.

A nossa fé e a prática se tornam “mecânicas”, quando deveriam ser disciplinadas pelo ensinamento de Jesus! É estritamente necessário que voltemos a obedecer ao Seu comissionamento. Só assim a igreja alcançara sua meta de ter verdadeiros seguidores de Jesus, conscientes de suas responsabilidades, atuando com vigor nos serviços cristãos e tendo como cabeça unicamente Jesus.

Leia o resto deste post »