Cristo

Cristãos

Postado em Atualizado em

Cristãos IIaOs cristãos do primeiro século entenderam o chamado de Deus ao entregar suas vidas a Cristo. Eles defenderam sua fé com coragem, ousadia e intrepidez.

Proclamavam Cristo com suas vidas e com a mensagem poderosa do evangelho – poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê (Romanos 1:16). O evangelho era proclamado e vivido e não apenas lido, e eles estavam certos.

Esses irmãos consideravam tudo em comum, vendiam bens e propriedades para ajudar uns aos outros; se preocupavam com o bem estar mútuo; não apenas diziam: “Deus te abençoe”, mas agiam para que Deus pudesse abençoar e ser bênção na vida dos outros; não ficavam na teoria, mas praticavam a palavra de Deus. Eles amavam de fato uns aos outros como Jesus os amou e ensinou. De fato, aprenderam!

Leia o resto deste post »

Anúncios

Propagando o evangelho

Postado em Atualizado em

BibleA igreja não pode desviar de sua tarefa principal neste mundo que é anunciar as boas novas, pois perderá seu foco e se encherá de tarefas que ocuparão seu tempo, impedindo de obedecer a ordem imperativa de Cristo Jesus seu Senhor em Mateus 28:18-20.

Como igreja não podemos esquecer que o evangelho “é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê” (Romanos 1:16), “como, porém, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem nada ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue?” (Romanos 10:14).

Leia o resto deste post »

O dom gratuito de Deus

Postado em Atualizado em

O apóstolo Paulo escrevendo aos cristãos habitantes da cidade de Roma disse que “o salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23a). A morte é a retribuição para aquele que peca – aquele que “erra o alvo” da vontade de Deus para sua vida.

Leia o resto deste post »

O evangelho: derrubando sofismas

Postado em Atualizado em

Atos 85 Filipe, descendo à cidade de Samaria, anunciava-lhes a Cristo. 6 As multidões atendiam, unânimes, às coisas que Filipe dizia, ouvindo-as e vendo os sinais que ele operava. 7 Pois os espíritos imundos de muitos possessos saíam gritando em alta voz; e muitos paralíticos e coxos foram curados. 8 E houve grande alegria naquela cidade.” (Atos 8:5-8)

– Logo após a morte de Estevão houve grande perseguição a igreja em Jerusalém dispersando os discípulos para as regiões da Judéia e Samaria, exceto os apóstolos. Saulo continuava seu serviço assolando a igreja, levando ao cárcere os discípulos de Cristo. A perseguição ao invés de desmotivar a igreja, motivava ainda mais a pregação da palavra de Deus (cf. Atos 8:1-4). Leia o resto deste post »

Características da igreja

Postado em Atualizado em

Em sete pontos – um número perfeito em Apocalipse – as características básicas da igreja do Senhor Jesus Cristo (candeeiro de ouro conforme Apocalipse 1:12,13,20).

Obviamente, existem outras características que definem a igreja a qual Jesus é o Cabeça, Senhor e Salvador, mas limitamos nestas sete para enfatizar as questões que mais fogem do modelo original descrito no Novo Testamento nos dias atuais.

1) A igreja é um organismo, não uma organização: “Ora, vós sois corpo de Cristo; e, individualmente, membros desse corpo.” (1 Coríntios 12:27)

– A igreja é um organismo vivo (corpo formado por pessoas redimidas), e não uma organização humana, ou seja, uma empresa, entidade, corporação, instituição, etc. A igreja é o corpo de Cristo.

Leia o resto deste post »