Fidelidade

Ame seu cônjuge

Postado em Atualizado em

Casal unido IQuando alguém casado procura uma relação extraconjugal, é porque perdeu o respeito pelo cônjuge, também o juízo, e ainda a sensatez; está fora de si, esqueceu quem é, e a quem deveria dar o seu amor e a sua vida.

Na verdade está se entregando ao estranho, ao intruso, e ao destruidor de vidas e lares; por mais “boa” pessoa que pareça ser. Por favor, não faça isso, pois a dor é sem igual para o cônjuge que sofre as consequências.

NÃO DESTRUA SUA FAMÍLIA POR UMA AVENTURA COM UM(A) QUALQUER!

Leia o resto deste post »

Anúncios

O amor jamais acaba

Postado em Atualizado em

Se “o amor jamais acaba” (1 Coríntios 13:8), então porque muitos casamentos terminam em separações, divórcios e relacionamentos de fachada? (Estes parecem que está tudo bem olhando por fora, mas dentro de casa os casados mostram a verdadeira realidade de seu matrimônio).

Exemplo: muitos homens falam educadamente, são gentis e tratam bem os outros, especialmente as mulheres, mas quando chegam a suas casas tratam suas esposas de forma rude, seca e em certos casos com violência física – eles podem até enganar os de fora com sua maneira de agir, mas a Deus é impossível, e a mão do SENHOR pesará sobre eles se não se arrependerem pedirem perdão as suas esposas e mudarem de direção! Muitas mulheres também erram com seus maridos em determinadas situações. É preciso humildade para reconhecer o erro e mudar; e isto vale para todas as áreas da vida – Tiago em sua sabedoria disse: “Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes” (Tiago 4:6).


Leia o resto deste post »

Calando um pregador

Postado em Atualizado em

Existem duas formas de calar um pregador da palavra de Deus: Primeiro, ele se corromper e se acovardar, recuando, deixando de falar toda a verdade, e com o tempo abandonando-a por completo. Segundo, ele ser morto* – Não literalmente, como na Antiga Aliança e nem como no início da igreja, mas “matando-o” no coração, o isolando, pressionando e perseguindo até ele desistir e morrer espiritualmente.

Estêvão – o helenista – no final de seu desafiador discurso frente aos líderes judeus pronunciou: “Homens de dura cerviz e incircuncisos de coração e de ouvidos, vós sempre resistis ao Espírito Santo; assim como fizeram vossos pais, também vós o fazeis. Qual dos profetas vossos pais não perseguiram? Eles mataram os que anteriormente anunciavam a vinda do Justo, do qual vós agora vos tornastes traidores e assassinos, vós que recebestes a lei por ministério de anjos e não a guardastes. Ouvindo eles isto, enfureciam-se no seu coração e rilhavam os dentes contra ele. E apedrejavam Estêvão, que invocava e dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito!” (Atos 7:51-54,59)

Leia o resto deste post »

O amor sustenta

Postado em Atualizado em

Estão compartilhando na web uma ilustração com o seguinte texto: “Não é o amor que sustenta o relacionamento, é o modo de se relacionar que sustenta o amor”.

Discordamos completamente, pois vai contra o princípio bíblico do amor, especialmente o “agape”, o amor sacrificial e incondicional.

Conforme o texto, você só ama se tiver um bom relacionamento, caso contrário não amará – isso com certeza é baseado no “amor” mundano ou “ensinado” no mundo – “amar quem te ama e tratar bem quem te trata bem”.

Leia o resto deste post »

Excelente obra

Postado em Atualizado em

O profeta Elias, assim como Moisés, dentre outros homens, serviram a Deus até sua velhice. Elias, que praticamente já estava aposentado dos serviços ao SENHOR, retornou a ativa quando o filho do rei Acabe, o rei Acazias começou a governar em Israel, tendo este, insultado sobremaneira a Deus consultando um deus pagão chamado “Baal-Zebube” (2 Reis 1:1-4), deus de Ecrom. Moisés, também em avançada idade, guiou o povo de Deus rumo a terra prometida.

Leia o resto deste post »