Pai

Os sete de Deus

Postado em Atualizado em

Unidade – A unidade nos sete de Deus

Texto base – Efésios 4:4-6

“há somente um corpo e um Espírito, como também fostes chamados numa só esperança da vossa vocação; há um só Senhor, uma só fé, um só batismo; um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, age por meio de todos e está em todos.”


Introdução – Efésios 4:1-3

“Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis de modo digno da vocação a que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor, esforçando-vos diligentemente por preservar a unidade do Espírito no vínculo da paz”


Leia o resto deste post »

Anúncios

O Pai não desiste

Postado em Atualizado em

Quando Deus nos fala, precisamos estar atentos para ouvir, entender e compreender o que Ele quer de cada um de nós. É preciso ouvir ao Senhor, pois Ele é o nosso Pai. Não podemos desprezar seus conselhos, ensinamentos e ordens. Não temos como questionar aquele que criou todas as coisas, inclusive nossas vidas. Ele sabe muito bem o que precisamos, como devemos ser e o que devemos fazer.

Na parábola do filho pródigo (Lucas 15:11-32), vemos um filho rebelde, que não escutava seu pai. Não dava a mínima para seus conselhos e ensinamentos. Abandonou sua família e foi viver uma vida de maneira desordenada, não se preocupando com as consequências de seus atos.

Leia o resto deste post »

O homem cristão no lar – III

Postado em Atualizado em

Servindo como pai
O homem a serviço do rei Jesus

“E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor.” (Efésios 6:4)

Além de servir como cabeça e marido, Deus quer que homens sirvam seus lares como pais. O exemplo já vimos nas lições anteriores; Jesus, sendo Senhor serviu aos seus discípulos, e com isso lhes deu exemplo (conf. João 13:13-15). O Senhor quer contar com homens que estejam dispostos a serem verdadeiramente pais para os seus filhos. No modelo de Jesus, os pais devem criá-los nos desígnios do Criador. Ele não deve provocá-los a ira e deve criá-los na disciplina e admoestação do Senhor. Este é o ministério dado por Deus aos pais; este é na verdade, outro privilégio concedido a nós pelo Senhor.

Você é um pai? Todos que somos pais poderíamos facilmente responder esta pergunta. Mas poderíamos afirmar que somos pais segundo os desígnios de Deus? Ter filhos não é a garantia de ser pai conforme o modelo bíblico, ou seja, o modelo apresentado e exigido pelo Criador da família, que é Deus. O simples fato de termos crianças em nossos lares gerados por nós, não nos faz pais segundo a vontade de Deus.

Leia o resto deste post »

Verdadeiro adorador

Postado em Atualizado em

“Mas vem a hora e agora é que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em  espírito e em verdade”. (João 4:23-24)

A adoração é a relação de completa harmonia que o cristão tem em sua devoção a Deus. É uma comunhão que Deus o Criador estabeleceu com o sua criatura de profunda intimidade espiritual. A mente de quem o adora passa a estar totalmente voltada aos desejos e orientações que vem do Espírito de Deus. Essa intimidade espiritual faz do piedoso um verdadeiro adorador. A fidelidade do adorador é acompanhada com a verdade.  Essa verdade é comprovada com a obediência à autoridade do Senhor Jesus. O verdadeiro adorador é íntegro, ou seja, a sua vida passa a ser completamente compromissada com a santidade, tornando separado do pecado, para servir a Deus. É isso que o identifica o verdadeiro adorador como um “santo” de Deus. 

Leia o resto deste post »

Seguindo o perfeito Pai

Postado em Atualizado em

Luz - 3“Morto o rei, levaram-no a Samaria, onde o sepultaram. …Assim, descansou Acabe com seus pais; e Acazias, seu filho, reinou em seu lugar. …Acazias, filho de Acabe, começou a reinar sobre Israel em Samaria, no décimo sétimo ano de Josafá, rei de Judá; e reinou dois anos sobre Israel. …Fez o que era mau perante o SENHOR; porque andou nos caminhos de seu pai, …(1 Reis 22:37,40,51,52a) 

Acazias cresceu com certeza tendo o seu pai, o rei Acabe, como um herói. Qual filho não tem o seu pai como herói? Mas à medida que o filho vai crescendo e passa à fase da infantilidade, aquela imagem heróica, pode começar a desaparecer, principalmente para aqueles filhos cujos pais não lhes dão exemplo. Quando chegamos à idade da razão e consciência das coisas, muitos de nós continuamos a ver os nossos pais como um verdadeiro herói, apesar de sabermos de suas limitações e imperfeições, como qualquer ser humano as tem. Mas com ética, disciplina, humildade e muito trabalho, estes pais se tornam grandes exemplos para nós, principalmente se procuram colocar em prática os ensinamentos do Senhor relacionados aos pais.

Creio que muitos filhos seguem o bom exemplo de seus pais e se espelham neles. Porém, quantos filhos têm em seus pais, um retrato negativo e acabam ficando iguais a eles, ou em algumas situações, até piores? Acazias, agora rei de Israel com a morte trágica de Acabe, tinha motivos de sobra para não seguir os exemplos negativos de seu pai, mas infelizmente, tem filhos que seguem o mau exemplo de seus pais e com ele não foi diferente.

Se nossos pais terrenos nos deram bons exemplos, que possamos segui-los e até aperfeiçoá-los para a glória de Deus. Mas se nossos pais nos deram maus exemplos em algumas ou muitas coisas, que possamos rejeitar estes exemplos, para seguir e obedecer aquele pai que nunca nos frustrará, e com toda certeza será sempre e para todo o sempre o exemplo perfeito de pai, o Deus eterno, nosso Criador.

Palavra para guardar: Seguir (sempre o perfeito Pai)