Vida

Vivendo para Cristo

Postado em Atualizado em

Como reagiríamos se Deus nos falasse assim como falou a Paulo “A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza”? (2 Co 12:9a). Será que a graça de Deus é o bastante para nós? Teríamos a mesma “fé” se não tivéssemos o que temos em nossas vidas atualmente? Paulo rogou a Deus por três vezes para tirar um “espinho na carne” (2 Co 12:7,8), mas o Senhor não satisfez a sua vontade, porém lhe deu algo melhor: a sua graça. (As escrituras não dizem o que era este “espinho na carne” do apóstolo, provavelmente poderia ser uma doença dolorosa, talvez nos olhos)

O apóstolo completou: “De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo” (9b). Muitos gostam de repetir a frase de Paulo “para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro” (Fp 1:21), mas será que estão preparados para enfrentar o que ele passou por causa de Cristo? (Leia 1 Co 4:8-14; 2 Co 11:23-31).

Leia o resto deste post »

Anúncios

Cristo nos deu vida

Postado em Atualizado em

Ele nos deu vida (2:1-3)

“Ele vos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência; entre os quais também todos nós andamos outrora, segundo as inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos da ira, como também os demais.” (Efésios 2:1-3)

– A vida está em Cristo e fora dele só há morte. O pecado gera morte e como diz Paulo “o salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23). Antes de Cristo, estávamos como todos aqueles que não o conhecem, vivos na carne, porém, mortos espiritualmente; andávamos sem rumo, sem esperança e sem propósito, perdidos em nossas transgressões contra Deus. Nosso caminho era no “curso deste mundo”; o curso que leva a perdição e a condenação por causa do pecado.

Leia o resto deste post »

Não deixe Cristo

Postado em Atualizado em

Não deixe Cristo para se embrenhar em caminho que não é o dEle. Na verdade Ele é o Caminho; mas não só o Caminho, Ele também é a Verdade; mas não só a Verdade, Ele também é a vida, e ninguém; ninguém vai ao Pai se não for por meio dEle (cf. Jo 14:6). O sábio escreveu: “Há caminho que ao homem parece direito, mas ao cabo dá em caminhos de morte” (Pv 14:12). O caminho de Cristo é apertado, tendo no final uma porta estreita “e são poucos os que acertam com ela” (Mt 7:13,14). A verdade de Cristo é “útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra” (2 Tm 3:16,17).

Leia o resto deste post »

O servo subiu; o Senhor morreu

Postado em Atualizado em

“Indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho. O que vendo Eliseu, clamou: Meu pai, meu pai, carros de Israel e seus cavaleiros! E nunca mais o viu; e, tomando as suas vestes, rasgou-as em duas partes.” (2 Reis 2:11,12)

Já pensou no esplendor deste episódio com o profeta Elias? Que privilégios teve este homem de Deus, juntamente com outro abençoado varão, Enoque (Gênesis 5:21-24). Ser elevado aos céus sem passar pelas agruras da morte física, deve ser uma experiência espetacular. Elias teve uma vida e um fim extraordinários, conforme mencionou David Roper em seu estudo sobre este profeta do SENHOR. Porém Jesus, o SENHOR dos senhores, teve uma vida, no mínimo, igualmente extraordinária aqui na terra, mas teve um fim terrivelmente trágico. Deus se fez homem para ser tragicamente morto.

Leia o resto deste post »

Lista de qualidades

Postado em Atualizado em

Lista de qualidades mais importantes em Jesus para nossas vidas

Existem inúmeras qualidades e virtudes que os discípulos de Cristo precisam ter e desenvolver, todas com certeza, presentes em Jesus. Nesta lista apresentamos aquelas identificadas em sete passagens selecionadas, onde Jesus nos instrui a tê-las e/ou praticá-las em nosso viver diário como cristãos.

– Exame das qualidades:

Obs.: os termos entre parênteses estão no grego, salvo quando indicado.

1 – “22  Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, 23  mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.” (Gal 5:22,23)

Amor (agape): ação em favor do bem do outro – Devemos amar como Jesus
“Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros.” (Jo 13:34)

Alegria (chara): exultação; grande júbilo; grande contentamento – Devemos ter a alegria de Jesus
“E, indo para casa, reúne os amigos e vizinhos, dizendo-lhes: Alegrai-vos comigo, porque já achei a minha ovelha perdida.” (Lc 15:6)

Paz (eirene): tranqüilidade e segurança – Devemos ser pacificadores como Jesus
“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.” (Jo 14:27)

Leia o resto deste post »