Meditação – Mateus 6:12

Postado em Atualizado em

Perdoa-nos as nossas dívidas

 

“Perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores.” (Mateus 6:12)

 

– Aqui Jesus vinculou o perdão de nossos pecados pelo Pai ao perdão que precisamos exercer àqueles que pecam contra nós. Se queremos ser perdoados por Deus é necessário que também tenhamos o desejo de perdoar. Jesus perdoou os atos de injustiça cometidos contra Ele e seu Pai.

O apóstolo Paulo disse que “agora Cristo vive em mim”. Se de fato Cristo vive em nós, o perdão é algo que faz parte de nossas vidas. Se não perdoamos ou não queremos perdoar, o “vínculo” do perdão de Deus está ameaçado. Como podemos querer o perdão do Pai se não estamos dispostos a perdoar? Indo mais além, se não queremos perdoar, Jesus não vive em nós, pois o perdão foi exercido de forma incondicional em sua passagem aqui na terra.

O pré-requisito para o perdão não é o arrependimento dos outros e sim um coração puro e em paz com Deus, onde não exista ódio, rancor e amargura; quem guarda estas coisas dificilmente perdoará. Quem vive relembrando fatos que ocorreram no passado, não perdoou, porque perdoar é não cobrar mais; é retirar a dívida que alguém possa ter.

Exerçamos, portanto, a pratica do perdão, pedindo perdão e perdoando ao nosso próximo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s