Meditação – João 15:7

images (6)

Se permanecerdes em mim

“Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito.” (João 15:7)

Interessante este versículo, no contexto da Videira verdadeira. A primeira parte é dividida em dois pontos:

1) João diz que precisamos permanecer em Jesus, pois os ramos sem a videira morrem – Jesus é a vida (João 14:6), sem Ele só há a morte;

2) a palavra dEle precisa permanecer em nós, pois sem ela, seremos absorvidos pela mentira, a falsa doutrina e as regras humanas – ou seja, vamos achar que estamos fazendo a vontade dEle, mas não estaremos. Quantos estão iludidos no mundo religioso achando que estão com Cristo, mas não estão. Precisamos tomar o devido cuidado para não cairmos na mesma cilada e nos acomodarmos. Precisamos examinar a nós mesmos se estamos na fé (2 Coríntios 13:5); e também, vivermos a palavra de Deus que é Jesus, e não somente falar ou ensinar.

Na segunda parte, João diz “que tudo que pedimos será feito”. Mas será que tudo que pedimos é de acordo com a vontade de Deus, ou “não temos, porque não pedimos. Quando pedimos, não recebemos, pois pedimos por motivos errados, para gastar em nossos prazeres” (Tiago 4:2c,3).

Para reflitirmos: Deus tem que nos dar alguma coisa, ou Ele já nos deu tudo que precisamos para viver dignamente? A graça de Deus basta para nós; ela é suficiente, ou queremos mais?

O comentário do irmão Bruce McLarty em seu estudo sobre “O evangelho de João” da publicação “Verdade para hoje” é muito oportuno:

“Jesus enfatizou que era importante os discípulos “permanecerem” nEle. Sete vezes em sete versículos (15:1–7), a palavra “permanecer” sai dos lábios de Jesus. Significa “continuar” ou “ficar”.

Assim como um ramo recebe alimento da videira, os discípulos recebiam de Jesus a subsistência para a vida. Esquecerem-se disso numa hora tão crucial teria sido desastroso para eles. Se os discípulos se separassem da videira, morreriam e seriam queimados por Aquele que cuida da videira.

Os discípulos enfrentariam grande sofrimento nas vinte e quatro horas seguintes e teriam várias opções. Nós também vamos enfrentar oposição e aflições, senão físicas, espirituais, como seguidores de Jesus — e nós também teremos opções:

– Quando somos odiados por causa de Jesus, podemos cair fora.
– Quando somos odiados por causa de Jesus, podemos nos sentir traídos.
– Quando somos odiados por causa de Jesus, podemos mudar de identidade.
– Quando somos odiados por causa de Jesus, podemos nos agarrar à videira!”

Conclusão:

Se Jesus é tudo, então já temos tudo, e quando vier a adversidade, a tribulação, ou a perda neste mundo, continuaremos com tudo, pois Jesus é a vida, é o caminho, e a verdade (João 14:6); e também é a Videira verdadeira, a qual os ramos, seus discípulos fiéis permanecem nEle.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s