Até quando coxeareis entre dois pensamentos?

Postado em Atualizado em

Antes do desafio proposto por Elias aos quatrocentos e cinquenta profetas de Baal no monte Carmelo, o profeta fez uma importante e desafiadora pergunta para o povo de Israel: “Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o SENHOR é Deus, segui-o; se é Baal, segui-o. Porém o povo nada lhe respondeu” (1 Reis 18:21).

É isto que está acontecendo hoje também: o povo nada responde. Os servos de Deus da Nova Aliança, seus pregadores, desafiam o povo a escolher entre Deus e o mundo com suas concupiscências, mas o povo nada responde. Um sono espiritual parece ter tomado conta de muitos: nada respondem. Não há mudança, atitude, reação; não há sequer esboço de vontade de servir de fato aos propósitos de Deus.

Fala-se, prega, ensina; ninguém responde. Exorta, repreende e admoesta e ninguém responde. Será preciso realizar um milagre para que o povo acorde deste sono espiritual? Os quatrocentos e cinquenta profetas de Baal (no desafio proposto por Elias no monte Carmelo) ficaram o dia inteiro rogando e suplicando ao seu deus para consumir o novilho ao passo de se mutilarem tamanho frenesi que tomou conta da situação; danças, gritos, berros, espasmos, nada! Não houve e não aconteceu absolutamente nada. Nenhuma resposta; silêncio absoluto do céu. Isto não é semelhante a coisas que vemos por aí? Elias até brincou com eles: “Ao meio-dia, Elias zombava deles, dizendo: Clamai em altas vozes, porque ele é deus; pode ser que esteja meditando, ou atendendo a necessidades, ou de viagem, ou a dormir e despertará” (18:27). Mas não houve resposta: “E eles clamavam em altas vozes e se retalhavam com facas e com lancetas, segundo o seu costume, até derramarem sangue. Passado o meio-dia, profetizaram eles, até que a oferta de manjares se oferecesse; porém não houve voz, nem resposta, nem atenção alguma” (18:28,29).

Então Elias preparou o altar com o novilho, e por três vezes jogou água sobre o holocausto, sobre a lenha e ao redor do altar, enchendo até o rego em volta para não haver dúvidas que quem iria consumir o sacrifício seria o Senhor (veja 18:30-35). Elias então clamou ao Senhor (YHWH) – o único Deus -, e Ele não apenas consumiu o novilho, mas tudo, inclusive a água (18:36-38). Naquele momento “todo o povo, caiu de rosto em terra e disse: O SENHOR é Deus! O SENHOR é Deus!” (18:39). Sabemos, porém, que aquela reação do povo foi no embalo do grande acontecimento que com certeza maravilhou a todos, mas na verdade não seguiram de fato ao Senhor.

Elias ficou deprimido com a atitude do povo, fugindo de Jezabel, que lhe fizera uma ameaça de morte. Ele foi para uma caverna, até que o Senhor foi ao seu encontro lhe dizendo que sete mil dentre o povo não haviam dobrado seus joelhos a Baal (veja o restante desta história 18:40-19:1-18). Elias disse: “Tenho sido em extremo zeloso pelo SENHOR, Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derribaram os teus altares e mataram os teus profetas à espada; e eu fiquei só, e procuram tirar-me a vida” (19:14). Ao passo que o Senhor lhe respondeu: “… conservei em Israel sete mil, todos os joelhos que não se dobraram a Baal, e toda boca que o não beijou” (19:18). Quantos hoje não tem dobrado seus joelhos pensando que estão adorando a Deus (YHWH), mas na verdade, com suas atitudes estão bem longe dele? (Veja Mc 7:6-9)

Espero que não tenhamos que ver um “milagre” para poder crer em Deus e servi-lo como Ele merece. Como Tomé, muitos querem ver para crer, mas bem-aventurado é aquele que crê, pois este com certeza verá! Sabemos, porém, por este acontecimento com o povo de Israel, que até mesmo vendo ou presenciando um milagre muitos não se convertem de fato ao Senhor.

Que o maior milagre seja a nossa transformação de pessoas ímpias, idólatras e pecadoras em servos dedicados, zelosos e consagrados ao único e poderoso Deus YHWH. Este é o “milagre” que Deus quer realizar em nossas vidas. Cristo disse que seu caminho é apertado e a porta é estreita e são poucos que acertam com ela (Mt 7:13,14). Eu quero estar entre estes poucos e você? Que seja! Amém!

Anúncios

2 comentários em “Até quando coxeareis entre dois pensamentos?

    Jardel disse:
    1 outubro, 2011 às 19:16

    O maior milagre que a humanidade pode ainda desfrutar está escrito no Novo Testamento, é o da vinda de Jesus nesse mundo como homem! O milagre do “esvaziamento de Deus” (Filipenses 2.5-11) que se humilhou, tornando-se homem mortal como nós, para passar pelas dores e sofrimentos que deveriam ser nossas, por causa dos nossos erros e pecados. Porém, Cristo, tomou naquela cruz o lugar de condenação que estava destinado para todos nós pecadores. Esse é o maior milagre que podemos ter pela fé em Cristo, crendo que Jesus é o enviado de Deus para resgatar o homem do seu pecado e da condição de condenados. Contudo é necessário passar à obedecê-lo como discípulo, por saber que Jesus é Senhor (Dono) e Salvador. Temos que crer no milagre que o poder do evangelho é capaz de fazer (Romanos 1.16). O evangelho é poderoso para mortificar o nosso velho homem e fazer ressurgir (nascer de novo) uma nova pessoa para boa obra de Deus. O evangelho nos une a Cristo. Por meio da sua morte, sepultamento e ressurreição (1 Cotíntios 15:1-4). Quando uma alma se converte a Cristo no momento do batismo (imersão e sepultamento) acontece um milagre nessa vida). O milagre da fé conduz o homem a nascer de novo por meio do batismo (Romanos 6:1-14). O resultado desse milagre é a libertação do homem da escravidão do pecado. Quando Cristo ressucitou, Tomé não creu, porque precisava “ver para crer” (João 20:25). Porém o Senhor Jesus disse: “Porque me viste, creste? Bem-aventurados os que não viram e creram.” – (João 20:29). Portanto, hoje não precisamos mais de uma manifestação física, visível, palpável e grandiosa para crermos em Deus e em Jesus Cristo. Outro grande milagre é a própria Escritura Sagrada, que passou por milhares de anos e continua cada vez mais presente e acesível a todas as pessoas. Porém é preciso examiná-la e seguir as orientações que estão disponíveis para nós obedecermos e guardamos o que é da vontade de Deus. E assim iremos obter o maior milagre: o da salvação. “Na verdade, fez Jesus diante muitos outros sinais que não estão escritos neste livro (Bíblia/Evangelho). Estes, porém foram registrados para que creais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.” – (João 20:30-31)

    Camila Guedes disse:
    2 outubro, 2011 às 20:56

    Certamente desejo estar entre estes poucos e superar com fé as muitas aflições que enfrentarei neste mundo, pois já estou morta e minha vida está guardada com Cristo em Deus (Cl 3:4).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s