Sodoma

Últimos dias

Postado em Atualizado em

Últimos diasDeveríamos nos surpreender com os últimos acontecimentos no mundo, contrários vontade de Deus? Cremos que não!

Pela própria palavra de Deus somos alertados que “nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus, tendo forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder” (2 Timóteo 3:1-5).

Alguns afirmam que o homem está evoluindo, mas pela história comprova-se que não. Utilizando como exemplo dois grandes acontecimentos relatados pela Bíblia, o dilúvio, e as cidades de Sodoma e Gomorra, os pecados que resultaram a destruição dos homens ímpios são os mesmos. Não houve evolução, a não ser tecnológica; o homem é o mesmo desde sua queda no Éden: ele é pecador.

Leia o resto deste post »

Anúncios

Meditação – 2 Pedro 2:4-6

Postado em Atualizado em

Deus não poupou

 

2-pedro-24-61“Ora, se Deus não poupou anjos quando pecaram, antes, precipitando-os no inferno, os entregou a abismos de trevas, reservando-os para juízo; e não poupou o mundo antigo, mas preservou a Noé, pregador da justiça, e mais sete pessoas, quando fez vir o dilúvio sobre o mundo de ímpios; e, reduzindo a cinzas as cidades de Sodoma e Gomorra, ordenou-as à ruína completa, tendo-as posto como exemplo a quantos venham a viver impiamente” (2 Pedro 2:4-6)

 

– Nos versos anteriores, o apóstolo deixou claro que os falsos mestres serão destruídos por causa da falsidade de suas vidas. Agora, Pedro nos alerta como Deus trata tais indivíduos que se rebelam contra Sua soberania e majestade. Anjos e homens que impiamente conduziram suas vidas foram e serão destruídos pela ira de Deus.

Noé e sua família foram poupados da destruição por causa de sua fidelidade ao Senhor em meio a uma multidão de incrédulos. Ele sofreu zombaria e escárnio, mas permaneceu firme em seu propósito mostrando-nos que vale a pena perseverar em meio às tribulações e perseguições.

E por fim as cidades de Sodoma e Gomorra sofreram a conseqüência da imoralidade e perversidade em que viviam seus habitantes; as cidades foram reduzidas a cinzas e pó. Percebemos claramente nestes episódios, o que a incredulidade, desmazelo e irreverência para com Deus podem causar aos seus praticantes.

Os falsos mestres sofrerão as mesmas conseqüências daqueles que viveram impiamente, por isso precisamos vigiar e orar, para que não sejamos enganados pela cobiça dos homens que não temem a Deus e cairmos nos mesmos erros. “A mim pertence à vingança; eu retribuirei. E outra vez: O Senhor julgará o seu povo” (Hebreus 10:30).