Amigos de Deus

Postado em Atualizado em

Amigo - 1“Subiram o rei de Israel e Josafá, rei de Judá, a Ramote-Gileade.” (1 Reis 22:29).

Josafá tinha uma ligação muito forte com Acabe; seus filhos Jeroão e Atalia eram casados (2 Reis 8:18,27), tendo o rei de Judá se aparentado com o rei de Israel (2 Crônicas 18:1). Com certeza havia uma amizade entre os dois reis, mas nenhuma amizade pode ser maior que a amizade com Deus.

Primeiramente devemos ser amigos de Deus, ou seja, buscando agradá-lo fazendo a sua vontade e andando em conformidade com seus desígnios. Depois buscaremos agradar aos outros, desde que isso não nos tire da meta principal que é agradar ao Senhor (Atos 5:29; Romanos 15:2). Resumindo, devemos agradar aos outros agradando a Deus.

Josafá optou em agradar seu amigo, mas desagradou a Deus. Um bom rei comprometeu-se com um mau rei e em conseqüência quase perdeu a sua vida (1 Reis 22:32,33). Com certeza, o Senhor teve misericórdia de um bom coração, apesar de seu erro. Isto é um alento para nós, mas não podemos abusar.

Analisemos todas as situações a luz da verdade, optando sempre em agradar ao Senhor, mesmo que com isso percamos amizades. “Há caminho que ao homem parece direito, mas ao cabo dá em caminhos de morte” (Provérbios 14:12).

Palavras para guardar: Analisar (pela verdade), Optar (por Deus) e Agradar (a Deus)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s