Torna-te padrão

Postado em Atualizado em

“Torna-te, pessoalmente, padrão de boas obras” (Tito 2:7a)

→ Uma mensagem direcionada especialmente aos jovens, mas dedicada a todo aquele que se diz seguidor fiel de Cristo Jesus.

A nossa parte: (Perguntas para reflexão)

1 – Qual o padrão do mundo para o sexo?
2 – Será que posso experimentar drogas?
3 – Meu namoro deve ser igual ao do mundo?
4 – Posso ter comunhão com descrentes?
5 – A bebida me prejudica física/moralmente?
6 – Até onde devo obedecer meus pais?
7 – Devo ouvir música como diversão?

O que diz a palavra:

“Compreendo mais do que todos os meus mestres, porque medito nos teus testemunhos. Sou mais prudente que os idosos, porque guardo os teus preceitos. De todo mau caminho desvio os pés, para observar a tua palavra.” (Salmo 119:99-101)

Chegando ao entendimento: (Respostas as perguntas para reflexão)

1 – A fornicação é condenada por Deus.
“Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas. …o corpo não é para a impureza, mas, para o Senhor, e o Senhor, para o corpo. Deus ressuscitou o Senhor e também nos ressuscitará a nós pelo seu poder. Não sabeis que os vossos corpos são membros de Cristo? E eu, porventura, tomaria os membros de Cristo e os faria membros de meretriz? Absolutamente, não. …aquele que se une ao Senhor é um espírito com ele. Fugi da impureza. Qualquer outro pecado que uma pessoa cometer é fora do corpo; mas aquele que pratica a imoralidade peca contra o próprio corpo. Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo.” (1 Coríntios 6:12-20) – Obs.: Sexo praticado por pessoas não casadas é fornicação, e ela é condenada por Deus. 

2 – Devemos governar nossos desejos com auto-controle.
“por isso mesmo, vós, reunindo toda a vossa diligência, associai com a vossa fé a virtude; com a virtude, o conhecimento; com o conhecimento, o domínio próprio; com o domínio próprio, a perseverança; com a perseverança, a piedade; com a piedade, a fraternidade; com a fraternidade, o amor” (2 Pedro 1:5-7). “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei” (Gálatas 5:22,23). – Obs.: Drogas ou qualquer outra substância que seja prejudicial a saúde física, e consequentemente mental, não devem ser utilizadas de forma alguma. 

3 – O namoro precisa de pureza acima de tudo. 
“De que maneira poderá o jovem guardar puro o seu caminho? Observando-o segundo a tua palavra.” (Salmo 119:9) Obs.: Aquele que valoriza seu par no período pré-nupcial obterá recompensa de inigualável valor após o enlace matrimonial. Respeito, santidade e honra serão marcas de seu matrimônio, pois foram bem entendidas no início do relacionamento.

4 – O povo de Deus tem que ser separado e puro.
“Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniqüidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas? Que harmonia, entre Cristo e o Maligno? Ou que união, do crente com o incrédulo? Que ligação há entre o santuário de Deus e os ídolos? Porque nós somos santuário do Deus vivente, como ele próprio disse: Habitarei e andarei entre eles; serei o seu Deus, e eles serão o meu povo. Por isso, retirai-vos do meio deles, separai-vos, diz o Senhor; não toqueis em coisas impuras; e eu vos receberei, serei vosso Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso. Tendo, pois, ó amados, tais promessas, purifiquemo-nos de toda impureza, tanto da carne como do espírito, aperfeiçoando a nossa santidade no temor de Deus.” (2 Coríntios 6:14-7:1)Obs.: Isto não quer dizer que não possamos estar entre pessoas descrentes. Jesus andou no meio dos pecadores, mas não para fazer o que eles faziam, mas para mostrar o caminho da justiça de Deus; permaneceu puro sem deixar se envolver pelos pecados dos outros. Do mesmo modo, precisamos andar entre os descrentes para dar testemunho da verdade, porém sem nos envolvermos em coisas pecaminosas que desagradam a Deus. Também precisamos ser sábios para não estar em locais e situações que possam nos tentar além de nossas forças e cairmos em ciladas do inimigo. 

5 – O insensato encontra prazer é na bebida.
“O vinho é escarnecedor, e a bebida forte, alvoroçadora; todo aquele que por eles é vencido não é sábio” (Provérbios 20:1). “Ouve, filho meu, e sê sábio; guia retamente no caminho o teu coração. Não estejas entre os bebedores de vinho nem entre os comilões de carne. Porque o beberrão e o comilão caem em pobreza; e a sonolência vestirá de trapos o homem” (Provérbios 23:19-21). – Obs.: Aqueles que se entregam a bebida são dominados por ela, provocando todo tipo situações terríveis e embaraçosas. O Cristão precisa ser sábio e agir com sabedoria e sobriedade, dominando ao invés de ser dominado; se encher do Espírito Santo ao invés de se embriagar com bebida alcoólica. “E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo” (Efésios 5:18-20).

6 – Obedecer aos pais é mandamento do Senhor.
“Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra.” (Efésios 6:1-3)

7 – O entretenimento faz parte da vida do homem.
“Sei que nada há melhor para o homem do que regozijar-se e levar vida regalada; e também que é dom de Deus que possa o homem comer, beber e desfrutar o bem de todo o seu trabalho.” (Eclesiastes 3:12-13)Obs.: “irmãos, fostes chamados à liberdade; porém não useis da liberdade para dar ocasião à carne” (Gálatas 5:13ab). Alguns acham erroneamente que a liberdade que Cristo nos dá é pra fazer o que bem entendermos. Não! Sua liberdade é da escravidão do pecado. O pecado aprisiona, mas Cristo liberta! Somos livres para fazer tudo que agrada a Deus, e não o que queremos (satisfazendo nossa carne), ou aquilo que, pelo nosso “achismo”, pensamos ser certo.

Aplicação:

1 – Devemos fugir da imoralidade.
“Fugi da impureza. Qualquer outro pecado que uma pessoa cometer é fora do corpo; mas aquele que pratica a imoralidade peca contra o próprio corpo. Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo.” (1 Coríntios 6:18-20)

2 – Tudo posso fazer mas eu farei é aquilo que agrada a Deus.
“Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas.” (1 Coríntios 6:12)

3 – Evite a tentação não dando oportunidade a ela.
“Andemos dignamente, como em pleno dia, não em orgias e bebedices, não em impudicícias e dissoluções, não em contendas e ciúmes; mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo e nada disponhais para a carne no tocante às suas concupiscências.” (Romanos 13:13,14). “Aquele, pois, que pensa estar em pé veja que não caia. Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar.” (1 Coríntios 10:12,13)

4 – Não tenha comunhão com as trevas. Seja santo e consagrado ao Senhor.
“Então, disse eu: ai de mim! Estou perdido! Porque sou homem de lábios impuros, habito no meio de um povo de impuros lábios, e os meus olhos viram o Rei, o SENHOR dos Exércitos! Então, um dos serafins voou para mim, trazendo na mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz; com a brasa tocou a minha boca e disse: Eis que ela tocou os teus lábios; a tua iniqüidade foi tirada, e perdoado, o teu pecado.” (Isaías 6:5-7)

5 – Não tropece e faça outros tropeçarem por causa da bebida.
“É bom não comer carne, nem beber vinho, nem fazer qualquer outra coisa com que teu irmão venha a tropeçar [ou se ofender ou se enfraquecer].” (Romanos 14:21)

6 – Obeceça aos seus pais e faça-os felizes.
“O filho sábio alegra a seu pai, mas o filho insensato é a tristeza de sua mãe” (Provérbios 10:1)

7 – Coloque um filtro em seu ouvido.
“Se, como homem, lutei em Éfeso com feras, que me aproveita isso? Se os mortos não ressuscitam, comamos e bebamos, que amanhã morreremos. Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes.” (1 Coríntios 15:32,33)

Leitura de encorajamento:

“Ninguém despreze a tua mocidade; pelo contrário, torna-te padrão dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza.” (1 Timóteo 4:12)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s