Ódio versus Amor

Postado em Atualizado em

Um dos piores sentimentos que alguém pode nutrir em relação a outra pessoa é o ódio. Dentre as definições estão: aversão, raiva, rancor profundo e antipatia. Este sentimento é poderoso suficiente para produzir contenda, separando até os melhores amigos. Salomão disse que o “ódio excita contendas” (Provérbios 10:12a), ou seja, o ódio estimula, acelera e provoca contendas, até mesmo entre irmãos e pessoas que se amam.

“Ora, é necessário que o servo do Senhor não viva a contender, e sim deve ser brando para com todos, apto para instruir, paciente” (2 Timóteo 2:24). Em contra-partida, o sábio também disse que “o amor cobre todas as transgressões” (Provérbios 10:12b), destacando que este é maior e mais poderoso que o ódio. Qual deles estamos alimentando? “Quem” mais for alimentado, mais crescerá e tomará espaço em nossas vidas!

Pode haver e haverá situações em que nos cause ira, mas devemos aprender a controlar nossa raiva para que não pequemos contra o próximo e contra Deus. Quem tem o Espirito de Deus frutificará o “domínio próprio” (auto-controle), fruto do Espírito conforme Gálatas 5:23, agindo com justiça, controlando a raiva e permitindo a ação do amor, que é igualmente, fruto do Espírito (Gálatas 5:22), cobrindo assim “todas as transgressões”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s