Os sete de Deus

Postado em Atualizado em

Unidade – A unidade nos sete de Deus

Texto base – Efésios 4:4-6

“há somente um corpo e um Espírito, como também fostes chamados numa só esperança da vossa vocação; há um só Senhor, uma só fé, um só batismo; um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, age por meio de todos e está em todos.”


Introdução – Efésios 4:1-3

“Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis de modo digno da vocação a que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor, esforçando-vos diligentemente por preservar a unidade do Espírito no vínculo da paz”


O apóstolo Paulo inicia: “Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis de modo digno da vocação a que fostes chamados” (v. 1).

Paulo destacou que os cristãos precisam andar de modo digno, mas não somente isto; é preciso andar de modo digno, porém da vocação a que fomos chamados.

Questões:

1) O que é andar de modo digno?

Andar de modo digno é andar segundo a vontade de Deus; é andar com Deus. Enoque andou com Deus e por isso foi tomado – trasladado (Gênesis 5:22-24; Hebreus 11:5). É andar segundo o caráter de Deus, em integridade, verdade e santidade. Andar de modo digno é andar irrepreensivelmente; andar de modo que ninguém possa ou tenha algo para te acusar.

2) Qual é a nossa vocação?

A nossa vocação está registrada na mesma carta (1:3), ou seja, nossa vocação é ser “abençoado com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo”.

O que seria uma bênção espiritual? Listei dez dentre inúmeras que poderiam ser citadas:

1) a nossa salvação em Jesus Cristo (2 Timóteo 2:10)
2) provações e perseguições por causa da nossa fé em Cristo (Tiago 1:12; Mateus 5:10-12)
3) a nossa família espiritual (Efésios 2:19-22)
4) um novo caminho a seguir (Hebreus 10:19-22)
5) uma nova mente purificada e transformada pelo Espírito Santo (1 Pedro 3:21)
6) um novo coração (2 Coríntios 4:6)
7) o fruto do Espírito (Gálatas 5:22,23)
8) a habitação de Deus conosco (João 14:23)
9) o templo do Espírito santo (1 Coríntios 6:19)
10) o perdão de nossos pecados (Efésios 1:3-10)

É preciso, porém, andar de modo digno da vocação utilizando-se de cinco virtudes:

1) toda humildade (v. 2)
2) toda mansidão (v. 2)
3) com longanimidade (v. 2)
4) suportando-vos uns aos outros em amor (v. 2)
5) esforçando-vos diligentemente (v. 3)

Com qual propósito? “preservar a unidade do Espírito no vínculo da paz” (v. 3)

Os sete de Deus na unidade da fé (Efésios 4:4-6)

1) Há somente um corpo (v. 4)
2) Um Espírito (v. 4)
3) Uma só esperança… da vocação (v. 4)
4) Um só Senhor (v. 5)
5) Uma só fé (v. 5)
6) Um só batismo (v. 5)
7) Um só Deus e Pai (v. 6)

1) A unidade começa com um só corpo. Qual corpo? O corpo de Cristo, cuja cabeça é o próprio Jesus. O corpo de Cristo segundo a palavra é a igreja, no qual os cristãos – discípulos de Cristo – são os membros (1 Coríntios 12:27).

2) A unidade destaca um Espírito. Qual Espírito? O Santo; a terceira pessoa do Deus triuno. Aquele que nos consola (João 14:16,26). O Espírito é uma pessoa – uma pessoa divina – e não uma força ou poder; é uma pessoa divina com poder, poder absoluto, pois é Deus.

3) A esperança também é única. A esperança é uma das três coisas que permaneceram para nós (1 Coríntios 13:13). Esperança em Deus, na salvação eterna, na volta de Cristo e na morada celestial.

4) Há um só Senhor. Senhor porque tem o senhorio, ou seja, sabe o que fez e o que faz; tem domínio total sobre todas as coisas; criador e sustentador. Quem é o Senhor? O Senhor é Jesus, Verbo de Deus, Filho do Homem, Deus Filho (João 1:1-4).

5) A fé igualmente a esperança faz parte das coisas que permanecem pra nós. A fé nos move, nos guia, nos mantém no caminho de Cristo. É a certeza da salvação, de estar ao lado de Cristo; é a convicção da existência de Deus, do céu e da eternidade. “De fato, sem fé é impossível agradar a Deus” (Hebreus 11:6a).

6) Um único batismo; batismo do Senhor e no Senhor Jesus. A imersão em água para remissão de pecados. É o sepultamento do velho homem arrependido que morre para o pecado, e levanta, ressurge, para uma nova vida de comunhão e obediência a Deus.

7) Os sete de Deus termina com Deus, o Pai, Criador dos céus e da terra; Deus único. O Pai de todos os que creem, e Senhor dos que lhe obedecem. Em unidade com o Filho e o Espírito Santo, governa o mundo e o universo; tudo está sob seu domínio e controle.

Conclusão – Aplicações

O SENHOR providenciou os sete para promover a unidade de seu reino na terra, e assim nos conduzir rumo à eternidade nos céus com Ele.

1) Há somente um corpo: Que estejamos nele, sendo membros ativos, servos zelosos e dedicados no serviço a Deus.

2) Através do Espírito, nosso Consolador, que é único, possamos ser guiados no caminho de luz, retidão, abnegação e entrega, em prol do reino de Cristo na terra.

3) Na esperança, nossa vocação seja concretizada pelo Senhor das bênçãos, Jesus, e assim sermos abençoados com todas sorte bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo.

4) Nos apeguemos firmemente ao nosso Senhor e Salvador Jesus, servindo-o com amor, fervor e obediência.

5) A fé continue nos fazendo permanecer firmes no caminho da salvação – o único caminho – onde nada nos abala ou nos desvia do alvo.

6) Cumpramos com nossa palavra dita no dia de nosso batismo que Jesus é o único Senhor de nossas vidas; e que nossas atitudes possam demonstrar isto em nosso dia a dia.

7) A Deus, nosso Pai, sejamos fiéis, sendo gratos todos os dias, por todas as coisas que Ele concedeu e providenciou para sermos salvos. Que sua fidelidade nos incentive a cada dia sermos fiéis.

Passagem de encorajamento:

“Não abandoneis, portanto, a vossa confiança; ela tem grande galardão. Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa. Porque, ainda dentro de pouco tempo, aquele que vem virá e não tardará; todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma. Nós, porém, não somos dos que retrocedem para a perdição; somos, entretanto, da fé, para a conservação da alma.” (Hebreus 10:35-39)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s