Qual a minha participação no reino de Deus?


ou como devo participar neste reino?

É necessário saber e lembrar que a igreja é o reino de Deus na terra conforme Colossenses 1:13,14. A forma de entrar neste reino – a igreja de Deus e/ou a igreja de Cristo – é pelo reconhecimento que Jesus é o Filho de Deus, onde Ele se torna Senhor e Salvador da pessoa arrependida; ela então, é imersa nas águas para remissão de pecados, onde recebe a presença do Espírito Santo – o dom do Espírito; selo – e passa ter uma nova vida de comunhão, temor e obediência a Deus.


Texto base: Romanos 12:1-16

Continue lendo

Metamorfose

metamorfose

No mundo animal (insetos e anfíbios), metamorfose, “é uma mudança na forma e na estrutura do corpo bem como um crescimento e uma diferenciação, dos estados juvenis ou larvares, até chegarem ao estado adulto”. A palavra metamorfose vem do grego “metamórṗhosis”, formada pelos radicais ‘meta’ (prefixo), “mudar“, mais ‘morpho’ (sufixo), “forma”. Exemplificando, metamorfose é a transformação total de um ser (indivíduo em relação ao nosso caso), mudança de forma: é água em vinho; noite em dia; trevas em luz; criança em adulto; pecador em justo.

Continue lendo

Novidade de vida

Novidade de vida

O apóstolo Pedro desafiou seus leitores a terem um “procedimento correto entre os gentios” (1 Pedro 2:11,12).

A Bíblia diz que “todos pecaram e carecem da glória de Deus” (Romanos 3:23), porém, quando atendemos ao chamado de Cristo para nos tornarmos filhos de Deus, arrependemos e confessamos os nossos pecados, confessamos nossa fé em Jesus como Filho de Deus e somos imersos em água para remissão de pecados onde recebemos a presença e o selo do Espírito Santo, devemos andar em “novidade de vida” (Romanos 6:4).


Continue lendo

Meditação – 2 Coríntios 3:18

De glória em glória

“E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito.” (2 Coríntios 3:18)

– Precisamos tirar as “vendas” dos nossos olhos se quisermos admirar a glória de Jesus. Temos que ser como um espelho para refletir a glória do Senhor.

Precisamos apreciar, ou seja, conferir, meditar, refletir e considerar as palavras do Senhor, para que por meio dela, o Espírito Santo possa nos transformar na imagem límpida e clara de Jesus. Contemplar-lo é ler e estudar Sua palavra; é meditar em Seus ensinamentos; é refletir em o que Ele quer nos dizer; é guardar em nossos corações e colocá-las em prática. Com isso, a ação do “espelho”, será algo atuante em nosso dia a dia.

De glória em glória, nossas vidas refletirão o Senhor Jesus e todos poderão perceber e testemunhar Sua presença. Glória a Deus por isso!