Consultando o Médico

Postado em Atualizado em

Reflexão 117“Depois da morte de Acabe, revoltou-se Moabe contra Israel. E caiu Acazias pelas grades de um quarto alto, em Samaria, e adoeceu; enviou mensageiros e disse-lhes: Ide e consultai a Baal-Zebube, deus de Ecrom, se sararei desta doença.” (2 Reis 1:1,2)

Baal-Zebube significava literalmente “senhor das moscas” (Ver nota 1). “Baal era adorado como o deus da natureza. Baal-Zebube era uma manifestação local que, segundo a crença, controlava as moscas” (Ver nota 2). O rei de Israel, Acazias, deixou de consultar a Deus, o SENHOR e Criador, para consultar um deus pagão, o “senhor das moscas”.

A quem você consultaria estando doente: um médico, a Deus ou ao um “senhor das moscas”? Sendo cristãos, com certeza consultaríamos a um médico e pediríamos a Deus para abençoar; mas dependendo da gravidade – como em muitos casos pelo mundo -, só o poder de Deus, segundo a Sua soberana vontade. Porém, temos que lembrar que para Deus o mais importante é a nossa alma, pois o corpo – nosso tabernáculo terrestre (2 Pedro 1:13,14) – é pó e voltará para ele quando morrermos, fisicamente falando. Mesmo que Deus cure o doente, abençoando um médico com o tratamento ou por sua intervenção direta pelo Seu eterno poder, de qualquer forma, um dia a morte física chegará. Mas, aqueles que morrerem em Cristo, aguardarão a Sua suprema volta, onde ressuscitarão, e assim receberão a habitação celestial, ou seja, um corpo incorruptível (1 Coríntios 15:42-44; 2 Coríntios 5:2), e viverão para sempre na presença do SENHOR.

Portanto, não nos deixemos enganar pelas coisas que vemos ou ouvimos; pelas coisas fáceis e óbvias que trazem solução rápida pra tudo. Consultemos e busquemos a Deus em todas as coisas, principalmente nas espirituais. E esperemos pela sua ação, pois “sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Romanos 8:28).


Notas:
 
1 – Para ver as explicações sobre o deus de Ecrom, Baal-Zebube, clique aqui.
2 – Citação retirada do estudo “Elias”, escrito por David Roper, uma publicação de “Verdade para hoje” (Truth of Today).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s