Ao justo nasce luz

salmo-1124 

“Ao justo, nasce luz nas trevas; ele é benigno, misericordioso e justo.” (Salmo 112.4)

 

– Ao nos entregarmos a Cristo, somos transportados para o reino do Filho do seu amor” (Colossenses 1:13). Somos “justificados gratuitamente, por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus” (Romanos 3:24).

Nos tornamos justos pela ação poderosa de Jesus que se entregou por amor a nós na cruz, nos resgatando do destino que era nosso, ou seja, nós merecíamos a morte e a condenação eterna por causa de nossas transgressões, mas o Seu imenso amor não permitiu isso.

O amor de Cristo nos constrange a vivermos única e exclusivamente para Ele (1 Coríntios 5:14,15). Sob a Sua luz, frutificamos benignidade, ou seja, brandura, suavidade para com os outros. Exalamos a Sua misericórdia, através da bondade de Deus, manifestadas no perdão, apoio, auxílio, humildade e interseção junto ao Pai.

O cristão é justo porque vive sob a “justiça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo, para todos e sobre todos os que crêem” (Romanos 3:22). “A justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé” (Romanos 1:17).