A verdade liberta, não aprisiona

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” (João 8:32)

Não confunda liberdade em Cristo, como sendo algo que te libere a fazer tudo que pensar e quiser fazer neste mundo. Cristo nos liberta sim, das concupiscências da carne, das paixões, dos vícios, da idolatria e do engano dos desvios doutrinários; enfim, do pecado que aprisiona; lembrando que pecado (do grego hamartia), é “errar o alvo” ou seja, errar o alvo que Deus tem para as nossas vidas.

Deus é o Criador, ou será que esquecemos? Ele é o oleiro e nós somos os vasos. “Barro” endurecido não se molda. Se o nosso coração está endurecido ou endurecendo, Deus não nos moldará segundo a sua vontade, mas o próprio “barro” moldará o “vaso” a sua própria maneira (Leia Jeremias 18:2-6; Romanos 9:20,21). Sejamos vasos para honra e não para desonra.

O que falar da liberdade?

– Liberdade em Cristo é andar conforme Ele andou, em santidade e novidade de vida (Veja 1 João 2:16).
– Liberdade em Cristo não é sair por aí fazendo tudo quanto os incrédulos fazem e aceitando tudo quanto há como verdade, só porque te falaram e você acredita.
– Liberdade em Cristo é frutificar o fruto do Espírito Santo (Gálatas 5:22,23) e refugar os frutos da carne (Gálatas 5:19-21; Romanos 1:28-32; 1 Coríntios 6:9-20).
– Liberdade em Cristo é seguir exclusivamente o seu ensinamento registrados na Nova Aliança (Novo Testamento). A antiga Lei e suas ordenanças teve seu papel: servir de “aio” (tutor) para nos conduzir a maioridade em Cristo (Veja Gálatas 3:22-27). Liberdade em Cristo também não é seguir regras humanas (“isso pode; isso não pode”). Cristo tem toda autoridade, não sobrou pra ninguém (conforme Mateus 28:18-20).
– Liberdade em Cristo é dar com alegria, e não dar por constrangimento, por obrigação ou porque definiram o valor pra você (Veja 2 Coríntios 9:7,12,13).
– Liberdade em Cristo não é fugir, desligar e dar as costas para os problemas, mas é enfrentar e procurar resolvê-los sob a Luz e direção de Cristo. Faça a sua parte, mesmo que os outros não queiram fazer ou você não veja mudança ou arrependimento em ninguém. O profeta Elias desanimou, mesmo após sua espetacular vitória no desafio do monte Carmelo contra o profetas de Baal, achando que estava lutando sozinho, mas Deus o acolheu dizendo que sete mil na nação em Israel não haviam dobrado seus joelhos ao deus pagão. As vezes achamos que estamos sozinhos, mas não estamos. E precisamos lembrar que ao lado de Deus, sempre seremos maioria absoluta!
– Liberdade em Cristo é fazer o bem sem olhar a quem (amar quem não “merece”). Nós não merecíamos, mas Deus nos amou assim mesmo, dando Seu Filho para morrer em nosso lugar (Veja João 3:16; 1 João 3:16). Se você achar que merece, você ainda não entendeu a graça de Deus.

“Se amardes os que vos amam, que recompensa tendes? Não fazem os publicanos também o mesmo? E, se saudardes somente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os gentios também o mesmo? Portanto, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste” (Mateus 5:46-48).

Jesus não nos proibiu de estudar, fazer faculdade, nos formar como engenheiros, médicos, dentistas, advogados, etc.; Jesus não nos proibiu de ir ao cinema, teatro ou a um clube social; Jesus não nos proibiu de ver TV, usar computador e navegar na Internet. Jesus não definiu padrão específico de roupa, mas que nos vestíssemos com decência e bom senso para não defraudar ninguém, ou seja, “oferecer” algo que não pode ser dado ou oferecido.

Não, Jesus não nos proibiu destas coisas, mas não usemos “todavia, a liberdade por pretexto da malícia”, mas devemos viver “como servos de Deus.” (1 Pedro 2:16). E também, “todas as coisas me são lícitas, mas nem todas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas” (1 Coríntios 6:12). Na liberdade em Cristo podemos fazer todas as coisas que citei acima, mas nenhuma delas nos dominará e nem tão pouco nos deixaremos corromper por elas, principalmente pela televisão, Internet, bem como situações e locais onde a tentação possa ser maior. O apóstolo Paulo instruiu: “não useis da liberdade para dar ocasião à carne” (Gálatas 5:13b). Os cristãos tem que ser “prudentes como as serpentes e símplices como as pombas” (Mateus 10:16b).

A verdade é palavra de Deus e o evangelho de João afirma que Jesus é o Verbo de Deus (1:1-5). Portanto, Ele é único que pode nos libertar, pois “conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. Não são os dogmas, credos, e doutrinas humanas, mas Jesus, a verdade, que pode nos libertar e nos dar a verdadeira liberdade. Siga-o! “Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.” (João 14:6)

Algumas passagens que nos ensinam, exortam e encorajam a viver a correta liberdade em Cristo:

“Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” (João 8:36)

“Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade; porém não useis da liberdade para dar ocasião à carne; sede, antes, servos uns dos outros, pelo amor. Porque toda a lei se cumpre em um só preceito, a saber: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.” (Gálatas 5:13,14)

“Porque assim é a vontade de Deus, que, pela prática do bem, façais emudecer a ignorância dos insensatos; como livres que sois, não usando, todavia, a liberdade por pretexto da malícia, mas vivendo como servos de Deus.” (1 Pedro 2:15,16)

“Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão.” (Gálatas 5:1)“Jugo de escravidão” aqui é voltar a obedecer tudo que está na Lei de Moisés, negando dessa forma tudo que Cristo fez (Veja Gálatas 5:1-4).

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” (João 8:32)

Eu sou livre em Cristo, e você?

Anúncios

Um comentário sobre “A verdade liberta, não aprisiona

  1. Exelente artigo! Que Deus continue te usando para gloria d’ele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s