Santidade

Postado em Atualizado em

“Sede santos, porque eu sou santo” (1 Pedro 1:16). O apóstolo citou palavras do próprio Criador registradas em Levítico 20:7. Deus é santo, e a santidade é o que adorna sua morada.

O salmista escreveu:

“Os teus mandamentos permanecem firmes e fiéis; a santidade, SENHOR, é o ornamento perpétuo da tua casa.” (Salmo 93:5 NVI)

Em sua presença não habita qualquer resquício ou sombra do pecado. Santidade é o estado de Deus; é o seu atributo perpétuo, pelo qual ele é moralmente puro e perfeito, separado e acima do que é mau e imperfeito.

Deus ordenou que seu povo na Antiga Aliança fosse santo, e que andasse em santidade; e a mesma coisa Ele ordena hoje em Sua Nova Aliança em Cristo Jesus aos seus filhos.

Alcançamos a santidade através da santificação, que é o processo pelo qual o salvo em Cristo passa para atingi-la, refugando e se desligando daquelas coisas que desagradam e afastam as pessoas da presença santa de Deus. “Agora, porém, libertados do pecado, transformados em servos de Deus, tendes o vosso fruto para a santificação e, por fim, a vida eterna; porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.” (Romanos 6:22,23).

Que a santidade, o “ornamento perpétuo” de Deus e de sua casa, seja também o nosso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s