Entregando-se a fábulas

Postado em Atualizado em

A palavra profética do apóstolo Paulo se concretiza de forma contundente nos dias atuais. Ele disse: “Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se a fábulas” (2 Timóteo 4:3,4).

A verdade da palavra de Deus foi posta de lado pelos ditos mestres criando diversas fábulas proferidas por eles com incisiva habilidade. Seus seguidores são fartamente saciados por estas doutrinas e quando a verdade – a sã doutrina – é proferida, não suportam, recusando-a como se recusa algo ruim.

Tais mestres se deleitam com seus seguidores, pois o coração dividido, preguiçoso e corrompido é facilmente saciado por algo que coça docemente os ouvidos. Já a verdade da palavra de Deus faz coçar os ouvidos, alertando sempre de algo e do perigo de se conformar com seu o estado pecaminoso – que é contrário a vontade de Deus.

A palavra é vida, é luz, é poder; ela transforma o vil pecador em um justo seguidor de Cristo; ela transforma o doente pelos pecados em um perfeitamente são diante de Deus; ela transforma trevas em luz; água em vinho; algo insípido em algo saboroso. Porém, a transformação é desafiadora e dolorosa, ela precisa ser compungente e radical, como foi a do apóstolo Paulo ao ouvir a verdade vinda de Seu novo Senhor Jesus Cristo.

Ao encontrar Jesus, Paulo precisava deixar de ser Saulo, perseguidor da igreja, e ser Paulo, programador do evangelho e das verdades divinas. Paulo considerou tudo o que tinha ou era sem valor ao encontrar “a sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus,” seu Senhor; “por amor do qual” perdeu “todas as coisas” considerando-as “como refugo, para ganhar a Cristo” (Filipenses 3:8), pois a verdade coçou seu ouvidos, mas eles não foram coçados pelas fábulas dos homens e se conformou; ele precisava muito mais, ele precisava de arrependimento, mudança total de foco e de vida; o que ele considerava lucro, considerou “perda por causa de Cristo” (Filipenses 3:7).

Não se conforme com as fábulas para satisfazer desejos egoístas, permanecendo numa vida pecaminosa aos olhos de Deus; faça como o apóstolo Paulo, ouça a verdade, não resista a Jesus e se entregue a Ele completamente. Assim você será transformado de um pecador, em um justo filho de Deus, para honra e glória dEle.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s