Ouvido - 1“Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se a fábulas” (2 Timóteo 4:3,4).

Coceirinha no ouvido! Incomoda, não?! Ela incomoda tanto que às vezes queremos “coçar” com algo pontiagudo que com certeza pode ferir a delicadeza de nossos ouvidos. É a mesma coisa quando recusamos ouvir a verdade dando lugar às “fábulas” que coçam nossos ouvidos, mas podem nos destruir (Conf. 2 Timóteo 4:4b). A verdade faz “coçar” os ouvidos; ela incomoda quando sabemos que estamos errados e ela nos repreende, ou seja, mostra-nos onde erramos.

É o natural do ser humano não gostar de ser repreendido. “Eu errei, mas você também erra.” “Eu pequei, mas você também peca.” Ao invés de reconhecer e aceitar a repreensão, queremos logo transferir a nossa culpa para o outro também. Mas, quando alguém “coça” os nossos ouvidos dizendo que está tudo bem e que Deus é misericordioso e podemos ficar tranqüilos, não havendo a necessidade de arrependimento, esquecemos que Ele também é justo, não inocenta o culpado e espera o arrependimento de todos (Naum 1:3; 2 Pedro 3:9).

É necessário, portanto, rejeitar os “coçadores” de ouvidos e deixar a Palavra da verdade nos moldar e transformar em uma nova pessoa, mesmo que soframos com isso. Precisamos lembrar que a transformação e a mudança causam dor, mas é uma dor que resultará em prazer e alegria lá na frente. “Filho meu, não menosprezes a correção que vem do Senhor, nem desmaies quando por ele és reprovado; porque o Senhor corrige a quem ama e açoita a todo filho a quem recebe. É para disciplina que perseverais (Deus vos trata como filhos); pois que filho há que o pai não corrige? Mas, se estais sem correção, de que todos se têm tornado participantes, logo, sois bastardos e não filhos” (Hebreus 12:5b-8).

Para uma melhor compreensão da disciplina do Senhor, leia todo o capítulo 12 de Hebreus.

Palavras para guardar: Transformação e Mudança