Recusando a Palavra

O rei de Israel, Acabe, brincou, jogou e recusou a verdade de Deus e teve um fim trágico (1 Reis 22:34-38). Ele abusou da longanimidade de Deus recusando dar ouvidos aos profetas do SENHOR; Elias e também Micaías. Brincando e jogando com a verdade, o rei de Israel recusou a Palavra do SENHOR, que é vida, e vida “em abundância” (João 10:10); quem a recusa, recusa ter vida em si mesmo. Infelizmente, as consequências para o rei foram trágicas resultando em um povo que “não têm pastor” e “não têm dono” (1 Reis 22:17).

Continue lendo

Anúncios

Não as ilusões

Micaías, assim como outros autênticos profetas de Deus [vale lembrar que o rei Acabe tinha seus próprios profetas, e neste caso, quatrocentos] não se dobravam ao desejo humano, e não se corrompiam como os demais.

“Respondeu Micaías: Tão certo como vive o Senhor, o que o Senhor me disser, isso falarei.” (1 Reis 22:14)

Quem realmente serve aos propósitos de Deus precisa transmitir na íntegra a vontade do SENHOR, assim como Micaías o fazia, trazendo o desgosto do perverso rei sobre ele (1 Reis 22:8) – quem pratica coisas erradas e contrárias a vontade de Deus nunca quer se aproximar da luz, mas prefere as trevas para encobrir seus pecados.

Continue lendo

Verdade versus mentira

O que é uma fábula? É uma “composição, geralmente em verso, em que se narra um fato cuja verdade moral se oculta sob o véu da ficção. Mitologia; Mentira; Sucesso inventado” (cf. Dicionário Priberam).

Pois bem, com estes significados, uma fábula cai como uma luva no meio religioso, dito cristão, mas, infelizmente, corrompido pela mentira. Infelizmente, muitos homens mudam “a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém!” (Romamos 1:25). O apóstolo Paulo descreveu coisas terríveis que os homens fazem quando ignoram a verdade de Deus, transformando-a em mentira (Veja em Romanos 1:18-32).

Continue lendo

Embaixadores de Cristo

Embaixador de Cristo I

Paulo instruiu ao jovem discípulo Tito a ser um exemplo vivo das virtudes que tinha de recomendar, agindo com firmeza na fé, com temor e obediência a Deus.

“Dize estas coisas; exorta e repreende também com toda a autoridade. Ninguém te despreze.” (Tito 2:15)

A ele estava sendo dada a incumbência de levar a mensagem de Deus na íntegra aos jovens, aos anciãos, aos servos, etc; enfim, a diversas classes de pessoas. Ele deveria transmitir a verdade de Deus sem acréscimos, sem subtrações, sem meias verdades, sem alterações, sem invenções; chamando a todos ao arrependimento e a obediência a vontade de Deus a terem a uma vida longe das contaminações da carne, sendo purificados e consagrados como povo exclusivo de Deus.

Continue lendo

Cristãos e as redes sociais

Cristãos, cuidado com o que compartilham

Como cristãos devem utilizar as redes sociais, por exemplo o Facebook, que é atualmente a rede mais acessada e comentada no país?

Infelizmente, muitos usuários transformam tal rede em um verdadeiro depósito com toda sorte de coisas toscas, grotescas e chulas que as pessoas “adoram”, acham “graça”, curtem e compartilham. Aliás, tudo de ruim que estava na finada rede social Orkut, migrou para o Facebook.

O problema em si não são as redes sociais, mas como muitas pessoas se conduzem através delas, e alguns as transformam em um verdadeiro depósito de lixo, porém, há sempre aqueles que curtem e compartilham; é simplesmente inacreditável!

Continue lendo